Visão geral do programa

O Management Development Institute (MDI) para Organizações de Saúde é um programa intensivo de uma semana destinado a desenvolver as capacidades de liderança e gestão de diretores de programas e líderes de organizações governamentais e não-governamentais subsaarianas dedicadas à prestação de cuidados de saúde às populações carenciadas. O programa foi concebido para ajudar especificamente os ministérios da saúde africanos na implementação das suas prioridades nacionais de saúde.

Desde a sua criação em 2006, já frequentaram este programa 1128 participantes de 37 países africanos. O MDI costuma contar com a presença de participantes que atuam na implementação de prioridades nacionais de saúde nas áreas de doenças transmissíveis e doenças crónicas.

O MDI foi concebido por professores de gestão de reputação internacional da Anderson School of Management da Universidade da Califórnia, Los Angeles (UCLA) e por diretores da Amref Health Africa. A parte curricular do MDI está a cargo de professores consagrados das seguintes instituições: Amref Health Africa, Ghana Institute of Management and Public Administration, University of Cape Town Graduate Business School, Institut Supérieur de Management (International School of Management, ISM) e Nova School of Business and Economics.

O MDI é administrado pela Global Business School Network e financiado pela Johnson & Johnson, uma das multinacionais mais respeitadas atualmente. Em 2017, o MDI será oferecido em três línguas: Inglês, Francês e Português.

MDI EM PORTUGUÊS SERÁ LANÇADO EM 2017 EM MAPUTO, MOÇAMBIQUE!

Para alargar o alcance geográfico deste programa e satisfazer as necessidades de liderança e gestão da África lusófona, o MDI será lançado em língua portuguesa em Maputo em 2017, em parceria com a Nova School of Business and Economics.

 

Management Development Institute

OBJETIVOS DO PROGRAMA

O principal objetivo do MDI é auxiliar os ministérios da saúde africanos na implementação das suas prioridades nacionais de saúde e melhorar a eficácia dos seus sistemas de saúde, desenvolver as capacidades de liderança e gestão de diretores de programas e líderes de organizações governamentais e não-governamentais subsaarianas dedicadas à prestação de cuidados de saúde às populações carenciadas.

Os participantes terão acesso a perspetivas, conhecimentos e ferramentas de gestão que lhes permitirão aumentar a quantidade e a qualidade dos serviços de saúde que proporcionam, bem como uma melhoria no acesso aos mesmos. As aulas são práticas e visam responder com êxito aos desafios complexos enfrentados pelos sistemas de saúde africanos.

NECESSIDADE DO PROGRAMA

Sem uma liderança e uma gestão eficazes dos serviços de saúde, haverá barreiras ao aumento da prestação de serviços, ao desenvolvimento de sistemas de saúde sustentáveis e à definição clara das prioridades nacionais de saúde na África Subsaariana. Esta restrição persiste devido à escassez de competências de liderança e de gestão na região e a uma abordagem descoordenada e fragmentada para a construção desta valência.

Conhecimentos, capacidades e competências técnicas podem ser ensinados e desenvolvidos, provocando um impacto comprovado no aumento da quantidade, qualidade e acesso a cuidados de saúde para populações carenciadas. Os sistemas de saúde devem alcançar mais e melhores resultados de saúde com os recursos humanos e financeiros à sua disposição. Uma boa liderança e gestão podem aumentar significativamente a eficiência e a eficácia com que estes recursos escassos são utilizados, reforçando simultaneamente os sistemas gerais de saúde no continente.